Portuguese English Spanish

A fim de promover iniciativas para o desenvolvimento social e agregar novas parcerias produtivas, o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP dialoga com instituições e personalidades que possuam os interesses alinhados com a promoção do bem estar da sociedade. Esta semana o Setor de Licitação esteve reunido com o Vereador Ricardo Diniz (PCdoB/MA), que é o terceiro vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, para conversar sobre novas iniciativas em benefício da população ludovicense.


A visita institucional teve como objetivo apresentar o Instituto, bem como os projetos sociais que realiza. Para o coordenador de Licitação, Amaury Andrade, estes encontros ajudam tanto na visibilidade do IBRAPP, quanto na organização de novas ações com a participação do poder público. “Nós esperamos que o Instituto seja ainda mais conhecido e que possamos captar mais parceiros para a execução de projetos sociais”, ressalta Andrade. Ainda de acordo com o coordenador, novos projetos já estão sendo pensados para serem desenvolvidos com o apoio da Câmara Municipal de São Luís.

 

Publicado em Notícias

Após o Outubro Rosa, campanha voltada para chamar a atenção sobre a cura e a prevenção do câncer de mama, o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP inicia uma nova ação para conscientizar a população sobre outro tipo de câncer, o de próstata. Através do apoio ao Novembro Azul, uma iniciativa realizada mundialmente com foco na saúde do homem, o Instituto visa alertar sobre esta doença e diminuir o preconceito em relação à busca pela saúde masculina. Durante todo o mês de novembro os ibrappianos atuarão como agentes multiplicadores, através do uso de camisas azuis com frases que incentivam a prevenção da doença.


No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). E de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), mais do que qualquer outro tipo, este é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. Para o gestor da Ação no IBRAPP, Fábio Daniel, estas ações são fundamentais para encorajar os colaboradores e a própria sociedade na realização do exame para  uma melhor qualidade de vida. “O Instituto possui uma grande preocupação em relação ao bem estar público e ao apoio a movimentos nacionais que podem mudar a realidade das pessoas. O diagnóstico precoce, um alerta sobre os sintomas das doenças pode ser a diferença para o aumento da chance de cura do câncer”, enfatiza o gestor.


Já a gestora de contratos, Fabiana Diniz, pontua que as ações denotam o compromisso do IBRAPP dentro dos órgãos que representa, através de contratos de serviço e de gestão. “Os contratos são firmados para contribuir com o desenvolvimento do Serviço Público e apoiando ações como estas demonstram a nossa preocupação com a saúde dos ibrappianos, bem como a dos servidores e população em geral que transita nas instituições públicas”, explica Fabiana. Os colaboradores farão o uso das camisas azuis três vezes por semana até o final do mês de novembro, a exemplo da ação realizada no Outubro Rosa.


De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a detecção precoce de um câncer compreende duas diferentes estratégias: uma destinada ao diagnóstico em pessoas que apresentam sinais iniciais da doença (diagnóstico precoce) e outra voltada para pessoas sem nenhum sintoma e aparentemente saudáveis (rastreamento). No caso do câncer de próstata a detecção se dá por meio de exames de rotina como dosagem de PSA e toque retal.  Neste segundo ano do IBRAPP no Novembro Azul, as ações se concentram no Distrito Federal, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Rondônia e Tocantins, dentro dos órgãos onde o Instituto exerce atividades.

Publicado em Notícias

Na manhã deste sábado (21) o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP realizou uma capacitação diferente para abordar produtividade, trabalho em equipe e metas de vida. A coach Venísia Ferreira ministrou a palestra “Você é produtivo ou ocupado?”, com uma série de dinâmicas e reflexões motivacionais. A iniciativa faz parte da Semana dos Escritórios, gerenciada pelo setor de comunicação do Instituto como forma de motivar e escutar de forma mais próxima os colaboradores que representam o IBRAPP fora de sua sede.


O início da palestra começou com uma dinâmica de Grupo para despertar a motivação de engajamento na atividade, onde os colaboradores foram incentivados a se alongar e apoiar nos colegas, para enfatizar o trabalho em grupo. Em seguida a Coach Venísia Ferreira abordou a ressignificação das tarefas, que consiste em transformar situações monótonas em momentos mais agradáveis e produtivos. “Ressignificar as tarefas é dar um novo conceito para tornar determinada tarefa importante novamente, ajuda o seu cérebro a ser mais criativo e te ajuda a ter mais opções”, esclarece a Coach.

A semana dos Escritórios seguirá até a sexta-feira (27), com uma ouvidoria aberta, uma linha direta entre os Ibrappianos e a presidência do Instituto. A intenção é compartilhar as dificuldades enfrentadas pelos escritórios e agregar soluções para melhorias da rotina laboral. Para o gerente e gestor da ação, Paulo Roberto, a iniciativa reflete a preocupação constante da administração do IBRAPP para o bem estar dos colaboradores. “A nossa busca é para que todos os escritórios fiquem com o mesmo padrão que temos na nossa sede”, enfatiza Paulo. Ele acrescenta ainda que os escritórios sempre precisam de apoio e melhorias, para a qualidade de vida de todos.


Para o advogado, Paulo Gaspar, que atua no setor jurídico do Instituto, a palestra da coach trouxe reflexões que vão além do âmbito profissional e levam o colaborador a repensar as atitudes também no lado pessoal. “O momento foi muito proveitoso com as dicas, não só para o colaborador ser mais produtivo, quanto para que possamos ser pessoas melhores na nossa família e em nosso dia a dia”, justifica Gaspar. Ao final da palestra a Coach Venísia Ferreira, que é criadora e facilitadora do Programa Morfossíntese (desenvolvimento pessoal e profissional), que visa proporcionar mudanças conscientes para uma vida melhor, deixou dicas valiosas para serem aplicadas no dia a dia. 

São sete hábitos para serem repetidos diariamente para manter o bem estar e o foco nos objetivos:

1) Pratique atividade física;
2) Alimente-se de forma saudáveis;
3) Seja grato;
4) Mantenha o equilíbrio;
5) Tenha um diário de bordo (avalie o que ocorreu no seu dia);
6) Medite e reflita;
7) Faça doações sempre que possível.

 

Publicado em Aconteceu no IBRAPP
Terça, 10 Outubro 2017 15:06

Dia Mundial da Saúde Mental 2017

O Dia Mundial da Saúde Mental é celebrado anualmente em 10 de Outubro. A data serve como um alerta para distúrbios emocionais e psicológicos que acometem trabalhadores de diversas áreas. Segundo a agência da ONU, 300 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de depressão, uma das maiores causas de aposentadoria por invalidez. No último sábado (7) o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP realizou um treinamento em volta deste tema, para os colaboradores em todos os escritórios sobre este tema. A iniciativa “Sou saúde, sou IBRAPP” trouxe uma palestra sobre depressão e ansiedade no meio corporativo e esclareceu sobre a relação entre saúde mental e desempenho, além de falar sobre empatia e qualidade de vida.

Produtividade


Este ano, a Organização Mundial da Saúde, OMS, destaca a saúde mental no local de trabalho. Empregadores e gerentes que investem em iniciativas para promover saúde mental e apoiar os funcionários com desordens mentais conseguem ganhos não somente na área da saúde, mas também nos níveis de produtividade.


O professor do Instituto de Psiquiatria do Universidade Federal do Rio de Janeiro, Pedro Gabriel Delgado, confirmou à ONU News que o investimento é uma fonte de ganho para todos. "Eu acho que este ano é oportuno que esse ano se aponte essa questão que é investir no sentido de tornar os ambientes laborais como ambientes saudáveis, ambientes onde se realiza a possibilidade de uma troca entre as pessoas e entre os companheiros de trabalho que seja produtora de segurança e de satisfação para elas. O primeiro elemento que aparece nos quadros de depressão e de ansiedade generalizada está ligado ao trabalho. Então é extremamente importante pensar em alguma coisa de promoção do bem-estar no ambiente do trabalho."

A OMS afirma que um ambiente de trabalho negativo pode levar a problemas físicos e mentais. Assim como o uso de substâncias nocivas ou álcool, falta no emprego e perda de produtividade.


Ansiedade
Em todo o mundo, 260 milhões de pessoas vivem com algum tipo de ansiedade. Muitos têm depressão e ansiedade. Ambas as doenças custam uma média de US$ 1 trilhão à economia global em perdas no trabalho. O objetivo do Dia Mundial da Saúde Mental é aumentar a conscientização para o tema e mobilizar esforços de apoio a melhorias no setor.


Fonte: Agência das Nações Unidas



Publicado em Notícias

Durante todo o mês de Outubro o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP adere a Campanha do Outubro Rosa. As ações de conscientização sobre o diagnóstico precoce e as chances de cura se estendem a todos os contratos executados pelo Instituto. Neste segundo ano da ação os colaboradores os colaboradores do IBRAPP se integraram projeto em prol da conscientização sobre a doença em cinco estados e no Distrito Federal, onde o Instituto realiza serviços ao poder público. Os ibrappianos atuam como agentes multiplicadores dentro dos órgãos e para sociedade em geral, através do uso de camisas com frases que incentivam o autoexame. O Inca (Instituto Nacional do Câncer) calcula que, em 66% dos casos, é a própria mulher quem detecta os primeiros sinais do câncer de mama.

 

O IBRAPP reconhece que é natural amedrontar-se diante da possibilidade de um diagnóstico de câncer, entretanto temos consciência de que deve existir espaço para falar sobre o assunto e encorajar a população a prevenir-se. Dados do Inca apontam ainda que a taxa de sobrevida após 5 anos após o diagnóstico é de 88% quando a doença é descoberta ainda no primeiro estágio. É bom lembrar que a prevenção começa pelos bons hábitos, já que obesidade, ingestão de bebidas alcoólicas e sedentarismo favorecem o surgimento da doença. No Distrito Federal as ações do Outubro Rosa foram realizadas no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), no Ministério das Relações Exteriores (MRE) e na Secretaria dos Portos (SEP). Já em Minas Gerais as ações se concentraram na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na prefeitura de Brasília de Minas e no Hospital Frei Gabriel, no município de Frutal.

 


No Maranhão, a abertura do evento se deu na sede do IBRAPP, em São Luís, e as ações foram realizadas na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), na Secretaria de Segurança Pública (SSP/MA) e no Tribunal de Justiça do Estado (TJMA).

 


Na Paraíba os colaboradores da Procuradoria Regional do Trabalho (PRT-13), do Ministério Público Federal (MPF - PB), da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU - PB) e do Instituto Federal da Paraíba – Campus Patos, também participam do Outubro Rosa.

 

 

Em Palmas, no Tocantins, a iniciativa levou a Receita Federal (RF/TO) e a Polícia Federal (PF/TO) a conscientização sobre o câncer de mama. E em Rondônia, o IBRAPP levou a ação para a Superintendência de Gestão de Suprimentos, Logística e Gastos Públicos Essenciais – SUGESPE.

 

 

As ações do IBRAPP no Outubro Rosa continuam até o final do mês símbolo da causa e são realizadas anualmente, seguidas do Novembro Azul, que visa conscientizar a população a respeito do câncer de próstata. As mobilizações no Instituto ocorrem de forma contínua e com iniciativas pontuais, realizadas anualmente, junto às movimentações nacionais.

 

 

 

 

Publicado em Notícias
Quinta, 05 Outubro 2017 15:59

Abertura do Outubro Rosa 2017

Durante todo o mês de Outubro o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP adere a Campanha do Outubro Rosa. As ações de conscientização sobre o diagnóstico precoce e as chances de cura se estendem a todos os contratos executados pelo Instituto. No Maranhão, a abertura do evento se deu na sede do IBRAPP, em São Luís, com apresentação cultural do grupo “Mulheres guerreiras” e a presença de representantes do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado do Maranhão (SINTSEP).


Para o gestor da ação, Fabio Daniel, este evento anual do IBRAPP é de extrema importância para conscientizar a sociedade a respeito do câncer de mama. “É uma doença que pode ser evitada, é preciso fazer o autoexame. Se sentir algo estranho vá ao médico, pois esta doença tem tratamento e tem cura”, recomenda o gestor.


A gestora de contratos, Fabiana Diniz, comandou a apresentação da cerimônia de abertura, que foi transmitida via vídeo conferência para todos os estados em que o Instituto possui representação. Na ocasião ela comentou o engajamento dos ibrappianos no Outubro Rosa e agradeceu ao SINTSEP pela parceria deste ano. A representante do sindicato, Jucelina Vale, comentou sobre a relevância deste tipo de ação. “Atos como esse que estamos fazendo mostram que estamos preocupados com a prevenção e a qualidade de vida de todos”. Finalizou Jucelina.



A abertura do mês de combate ao câncer de mama no IBRAPP encerrou com uma apresentação teatral e musical do grupo “Mulheres guerreiras”, que trouxe a dramatização de diversas personagens femininas com representatividade histórica como: Chiquinha Gonzaga, Carmem Miranda, Maria Inês Aragão e Maria Bonita. As ações As ações do IBRAPP no Outubro Rosa continuam até o final do mês símbolo da causa e são realizadas anualmente, seguidas do Novembro Azul, que visa conscientizar a população a respeito do câncer de próstata.

Publicado em Aconteceu no IBRAPP
Segunda, 02 Outubro 2017 09:27

IBRAPP apoia a campanha Outubro Rosa

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. De acordo com a estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) em 2016 e 2017 mais de 58 mil em mulheres serão acometidas pela doença. A fim de chamar atenção para este tema, é realizado internacionalmente o Outubro Rosa, que visa conscientizar a respeito da prevenção e tratamento da doença. O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP adere anualmente a esta campanha e realiza ações nas instituições em que exerce atividades.

O câncer é a segunda maior causa de morte no mundo. No Brasil, depois do câncer de pele não melanoma, o câncer de mama responde a cerca de 25% dos casos novos a cada ano. O IBRAPP se junta à luta contra este problema no mês símbolo de combate a doença, para conscientizar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce. Durante o mês de outubro, em três dias da semana, dentro na sede do Instituto e nos órgãos onde o IBRAPP atua, os colaboradores usarão uma camisa personalizada na cor rosa. Eles atuarão como agentes multiplicadores desta campanha para toda a sociedade, a fim de encorajar todos a realizar o autoexame.

Para a gestora hospitalar, Fábio Daniel, esta ação demonstra a preocupação do IBRAPP com as causas sociais e com a integridade de seus parceiros. “não somos apenas um Instituto que presta serviços, nos preocupamos com a saúde dos colaboradores de forma direta e indireta, e consequentemente com  a qualidade  vida  deles”, ressalta Fábio. Neste segundo ano do IBRAPP no Outubro Rosa, mas uma vez as ações se concentram no Distrito Federal, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Rondônia e Tocantins.

Publicado em Notícias

Desde que passou a atuar no Hospital Frei Gabriel (HFG), em maio deste ano, o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP tem intensificado junto aos colaboradores o Diálogo Diário de Segurança (DDS), que tem como objetivo orientar e alertar os profissionais através de palestras e bate-papos sobre os riscos e as medidas de segurança no ambiente de trabalho. Na manhã de terça-feira (12) foi a vez da equipe de enfermagem participar da roda de conversa.


O gestor hospitalar, Nelio Rodrigues, explica que o DDS é realizado a partir das 7h justamente para que o colaborador possa iniciar as atividades informado sobre as normas de segurança que deve aplicar na execução de suas tarefas.  Nelio conta que desde que o método passou a ser aplicado, o IBRAPP conseguiu reduzir para zero nos meses de julho e agosto as ocorrências de acidente de trabalho no hospital.

Dependendo do assunto a ser tratado, o Diálogo pode acontecer de forma individualizada ou em grupo. São informações passadas na presença dos gestores do Instituto e do técnico em segurança do trabalho. Com essa ação, conforme lembra Nelio, o IBRAPP cumpre o seu papel na garantia da segurança do trabalhador e o resultado reflete de maneira positiva na assistência à população atendida pelo Hospital Frei Gabriel.

Publicado em Notícias
Sexta, 25 Agosto 2017 11:43

Edição 10 - 2017

Publicado em Nossos Informativos

Para atender as demandas de modernização e humanização do atendimento no Hospital Frei Gabriel (HFG), no município de Frutal (MG), o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas - IBRAPP inicia um processo seletivo para a contratação de profissionais com ensino fundamental, médio ou superior completo. A seleção para a unidade de saúde, co-gerida pelo Instituto desde o início de maio deste ano, terá início na segunda-feira (24).

O processo será dividido em duas etapas: a primeira compreende a análise de currículos e a segunda, uma prova objetiva com assuntos do conteúdo programático disponibilizado no site do IBRAPP. O recebimento dos currículos vai até o dia 04 de agosto através do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. A seleção visa garantir maior transparência aos processos de contratação de pessoal do Hospital Frei Gabriel, bem como, valorizar os profissionais que já atuam no hospital em Frutal e em regiões vizinhas. 

De acordo com a Gestora hospitalar, Silvana Alves, o objetivo da seleção é captar profissionais que tenham interesse em fazer parte dos processos de melhorias e políticas de humanização do hospital. “Esta é uma demanda do hospital e principalmente da população. Queremos profissionais de saúde preparados tecnicamente e que tenham consigo, a disposição para aprender e ser cada dia melhor”, ressalta a Gestora.

Questionada sobre outras áreas do HFG, Silvana não descarta a possibilidade de haver seleção para outras áreas da unidade de saúde. “tudo dependerá dos resultados que alcançarmos”, e acrescenta ainda que: “As melhorias não são do dia para a noite, é um trabalho sério e contínuo, mas estamos empenhados em fazer o melhor e já conseguimos intervir em vários processos dentro do hospital, os quais já tivemos retorno positivo, porém, há muito que realizar e um longo caminho a percorrer”, finaliza a gestora.

 

Publicado em Notícias
Pagina 1 de 2
Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net