Portuguese English Spanish

Manhã de treinamentos no IBRAPP

A manhã do sábado (17) trouxe novos conhecimentos para os colaboradores do IBRAPP. Através do Diálogo Semanal de Segurança (DSS) e da palestra sobre gerenciamento do tempo, os Ibrappianos da sede e escritórios tiveram a oportunidade de aprender sobre prevenção de acidentes e de como otimizar as atividades laborais diárias. O Instituto realiza treinamentos contínuos, a fim de aprimorar e desenvolver as potencialidades de seus colaboradores.

As atividades tiveram início com a palestra “Acidentes acontecem em qualquer lugar”, a qual estabeleceu exemplos de maus hábitos corriqueiros que podem gerar acidentes graves, tais como: deixar uma gaveta aberta em meio a passagem dos colaboradores, derramar líquidos no chão e não limpar de imediato, ou mesmo não verificar a manutenção de tomadas e móveis do escritório.A atividade faz parte do DSS, iniciativa promovida pelo setor de Segurança do Trabalho no IBRAPP, em parceria com diversos setores. De acordo com o conteúdo da palestra, quedas, cortes, tropeços e queimaduras são acidentes que podem ser evitados ao cultivar uma conduta preventiva e de segurança em uma empresa.

Em seguida teve início a palestra “Gestão do tempo”, que faz parte do projeto Capacita RH, organizado pelo setor de Recursos Humanos do IBRAPP, dividido entre a Sede, em São Luís, e o escritório de Brasília. Dentre os tópicos abordados estiveram questões sobre prazos e classificação das demandas. O ponto central da apresentação girou em torno da atenção para às atividades, planejamento, execução e prazos. A divisão de tarefas entre a equipe e o acúmulo de demandas também foram abordados.


A apresentação foi repleta de interações e dinâmicas de grupo, para fortalecer a parte teórica abordada na palestra. Para o analista de RH, Luís Felipe Genofre, é primordial classificar as tarefas de acordo com a ordem de prioridade. Enumerar uma demanda como importante é sinalizar que ela exige planejamento e mais tempo para execução. “As atividades importantes tem um tempo de produção maior, devem ser pensada com antecedência”, explica o analista. As palestras de capacitação do IBRAPP são realizadas periodicamente para todos os escritórios onde o Instituto possui representação.

Capacitação: Ibrappianos participam de palestra sobre segurança e sigilo das informações

Uma palestra sobre segurança e sigilo das informações no ambiente organizacional deu início às capacitações contínuas do Instituto Brasileiro de Políticas Públicas - IBRAPP. Neste sábado (27), os colaboradores da sede e escritórios assistiram a apresentação do gestor de projetos e especialista em TI, Arlley Carlos.  A capacitação é fruto da parceria entre o Instituto e empresa de tecnologia Documentall.


Durante a palestra o especialista abordou a vulnerabilidade em relação ao risco de vazamento de informações pessoais e corporativas através do acesso à internet, sobretudo por meio de rede sem fio. Através de diversos exemplos mostrou aos Ibrappianos como ações cotidianas colocam em risco a segurança de dados do usuário, entre elas está o acesso a redes compartilhadas e Wi-Fi públicas.

No âmbito corporativo o foco se deu no desenvolvimento do senso de risco sobre falhas de segurança digital. Abrir e-mails com origem duvidosa, o uso de pen-drives e a divulgação de senhas pessoais estão entre os hábitos que podem comprometer todo o banco de dados de uma empresa. “Cada um é um guardião da segurança patrimonial”, enfatiza Carlos.

Também foram abordados os pilares da Segurança da Informação que compreendem, entre outros, a integridade e a confidencialidade das informações. Com escritórios descentralizados e uma gestão arrojada, o IBRAPP investe na segurança da informação e na capacitação de seus colaboradores. As medidas, realizadas em parceria com a Documentall, tendem a minimizar possíveis riscos em relação a vazamento de dados, invasões por vírus ou mesmo cyber ataques.

Ibrappianos celebram confraternização de fim de ano

O final de 2017 se aproxima e o clima de festivo toma conta das ruas e lares. É com este espírito de união e celebração que o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP realiza a confraternização anual para os seus colaboradores. Na última sexta-feira (22) os Ibrappianos da sede, no Maranhão, e dos escritórios que representam o Instituto em mais quatro estados e no Distrito Federal, tiveram a oportunidade de interagir de maneira descontraída, fora do ambiente de trabalho.

Em São Luís (MA), os colaboradores se reuniram em uma casa de festas para um almoço, seguido de um momento de dança com música ao vivo. Em Frutal (MG), um jantar dançante também animou os colaboradores do IBRAPP e do Hospital Frei Gabriel, unidade de saúde gerida pelo Instituto. Nos estados da Paraíba (PB), Rondônia (RO) e no Distrito Federal (DF), as confraternizações foram em restaurantes locais.

A Vida Continua: Palestra aborda prevenção e combate à AIDS

Métodos preventivos, histórico de epidemias e os desafios de abordagem para os jovens sobre a AIDS e o HIV, foram os principais temas abordados durante a palestra deste sábado (2), na Sede do Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP, em São Luís. As explicações ficaram por conta do Coordenador municipal de IST/AIDS e hepatites virais, Wendell Alencar, que também participou do Projeto “A Vida Continua”, realizado pelo IBRAPP no Dia Mundial de Combate a AIDS. A palestra foi o encerramento da iniciativa realizada anualmente pelo Instituto.


Transmitido simultaneamente para todos os escritórios onde o IBRAPP possui representação, o evento teve início com os agradecimentos do coordenador de licitação, Amaury Andrade, a todos os Ibrappianos envolvidos no Projeto “A vida Continua”. Como um dos gestores da ação, Amaury destacou o grande número de preservativos distribuídos, no dia primeiro deste mês. Foram mais de 20 mil unidades, superando a marca de 15 mil prevista para o evento.

 
A campanha foi pensada com o apoio do setor de comunicação, que além do mote principal, também criou peças de divulgação externa para a conscientização do público. O esforço em conjunto também contou com a colaboração do setor de Segurança do Trabalho (SESMT). Ainda de acordo com o gestor a ideia principal do IBRAPP é mostrar que existe vida além do diagnóstico do vírus. “A vida não se encerra quando você descobre que é soropositivo. Você continua vivendo e continua sonhando”, finaliza Andrade.


Durante a palestra principal, Wendell Alencar destacou o contexto histórico das epidemias de AIDS no Brasil, falou ainda sobre as possíveis origens do vírus e como o cenário epidemiológico mudou ao longo dos anos. “segundo alguns estudiosos defendem que o HIV é milenar e o que vivemos na década de 80 foram devido aos avanços tecnológicos e descobertas. Teoricamente temos quase 40 anos de epidemia”, explica o Coordenador municipal de IST/AIDS.

Outra questão abordada foi a dificuldade encontrada atualmente para alcançar os jovens a respeito da prevenção contra o vírus e outras doenças sexualmente transmissíveis. Para Wendell o grande desafio é manter um diálogo com a nova geração. “Houve um distanciamento muito grande com os jovens de hoje, quando sentamos para conversar sobre qualquer temática ligada a AIDS não se estabelece um diálogo”, enfatiza Alencar e complementa “é preciso falar de um jovem para outro, para tentar atingir a esse público”.


A palestra finalizou com um momento de esclarecimento de dúvidas do público sobre as doenças sexualmente transmissíveis e as formas de prevenção. Políticas de contenção de danos e as iniciativas públicas também estiveram entre os temas discutidos. A iniciativa “A vida Continua” conta com o apoio de diversos órgão públicos e das secretarias de saúde nos estados onde o IBRAPP está presente e no Distrito Federal.

 

Ibrappianos participam da abertura do Projeto Superação

O 23 de Novembro é marcado pelo Dia Nacional do Combate ao Câncer Infantil. Nesta data o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP realiza anualmente o Projeto Superação, que consiste no apoio às entidades beneficentes que acolhem pacientes em tratamento e seus familiares. Nesta quarta-feira (22), véspera da mobilização nacional, o Instituto realizou a apresentação do Superação para seus colaboradores. A iniciativa será realizada nas cidades de São Luís (MA), Palmas (TO), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Frutal (MG), João Pessoa (PB), Porto Velho (RO).



Durante a palestra de abertura, a gestora da ação, a controller Lívia Pires, ressaltou a importância da realização e do engajamento dos Ibrappianos no Projeto superação. Todos foram estimulados a participar de forma voluntária com na realização de atividades lúdicas, entrega de donativos e visita aos pacientes acolhidos pelas fundações atendidas, do evento.

 

Instituições Beneficiadas em 2017

Fundação Antônio Brunno e Fundação Antônio Dino - MA
Casa do Menino Jesus - DF;
Centro de Apoio a Portadores de Câncer - MG;
AVCC - Associação Voluntária de Combate ao Câncer - Frutal/MG;
Casa da Criança com Câncer - PB;
Casa de Apoio Vera Lúcia – TO;
Hospital Regional de Cacoal (HRC) – Cacoal/RO.



Sobre o câncer infantil - Dados do Inca, mostram que a mortalidade por câncer entre crianças e adolescentes no Brasil está estável, sendo, atualmente, a primeira causa de morte por doença na faixa etária de 1 a 19 anos. Os tipos de cânceres infanto-juvenis mais comuns são as leucemias, seguidos dos linfomas (gânglios linfáticos) e dos tumores do sistema nervoso central (conhecidos como cerebrais). O número de óbitos por câncer nessa faixa etária é menor apenas do que o de causas externas, como os acidentes e violência. No Brasil, o câncer infantojuvenil responde por 3% de todos os tipos de câncer.


Sintomas - Entre os sintomas de câncer em crianças estão: palidez, hematomas, sangramento, dor óssea, perda de peso inexplicada, caroços ou inchaços, alterações oculares, inchaço abdominal, dores de cabeça persistente, vômitos e dor em membro, inchaço sem trauma.


Cine literário aborda resgate da literatura no cotidiano

A fim de incentivar a cultura através da leitura e do cinema, o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP, em parceria com a empresa de tecnologia Documentall, realizaram no último sábado (28) o Cine Literário. O evento contou com a participação da Mestra em Literatura, a professora Natália Serpa, com a palestra “Fronteiras Literária: por uma leitura entre cinema e a literatura”. A palestrante abordou a arte e a cultura através das obras de grandes nomes como Guimarães Rosa e Pablo Picasso. Durante a apresentação também foi exibido o filme “Elis” sobre a vida e obra da cantora Elis Regina. O Cine Literário faz parte dos treinamentos contínuos do IBRAPP para o desenvolvimento de seus colaboradores.


A professora Natália Serpa transcorreu sobre diversos tipos de arte e fez explicações sobre a ligação da literatura e com o Cinema. Ao longo da apresentação o incentivo a leitura de obras, artigos e materiais que não sejam apenas ligados à área de atuação esteve presente. O objetivo do Cine literário foi de estimular os colaboradores a apreciarem a cultura, para que tenham prazer com a leitura e consumam obras literárias não apenas como uma obrigação, mas sim como um elemento enriquecedor e de lazer.


Para a organizadora do evento, Andrea Salgado, a aceitação do tema foi uma grata surpresa. “Eu esperava um pouco mais de resistência por não se tratar de um tema habitual, mas todos se demonstraram satisfeitos em receber e interagir com este tipo de conteúdo”, enfatiza Andrea. Ela explica ainda que durante a palestra alguns colaboradores manifestaram um grande interesse em retornar a leitura de obras que não são apenas voltadas ao trabalho que desempenham diariamente.



A Documentall é uma instituição parceira do IBRAPP e possui sua trajetória marcada pela excelência em seu trabalho nas prestações de serviços, com destaque na Tecnologia da Informação e na Educação à distância. Assim, tem como objetivo inovar continuamente, superando as expectativas dos seus clientes.

 

Pagina 3 de 9
Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net