Portuguese English Spanish

Brasília: IBRAPP participa de solenidade para revitalização do Jardim Marina Garlen

Sábado, 03 Fevereiro 2018 08:55

Na manhã desta sexta-feira (02), uma solenidade reuniu autoridades para celebrar o encerramento da Semana da Visibilidade Trans e promover a revitalização do Jardim Marina Garlen, localizado no Parque Sarah Kubistchek, um dos principais pontos turísticos de Brasília- DF. Na ocasião estiveram reunidos representantes do Governo do Distrito Federal (GDF), da Secretaria de Estado de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos – SEDESTMIDH e do Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP.


A revitalização do Jardim Marina Garlen ocorreu de maneira simbólica com a inauguração de uma placa sinalizando o nome do espaço, que foi escolhido em homenagem a grande ativista e artista Trans baiana, que faleceu em São Paulo, quando representava seu estado nas comemorações alusivas ao Dia nacional da visibilidade Trans (29 de janeiro), no ano de 2016.

 
De acordo com o gerente de comunicação, Paulo Roberto Coelho, para o IBRAPP, ajudar a enaltecer esta homenagem à Marina Garlen, é um ato que só engrandece a parceria feita com o GDF a serviço das pessoas Trans. “Precisamos repensar, combater a homofobia e agregar a todos independente de gênero, cor, religião ou raça”, afirma o gerente. O espaço com a placa simboliza o apoio à vida de todas as pessoas trans, que fizeram a diferença e foram brutalmente mortas na luta contra a transfobia.


Dentro do jardim foi inaugurado ainda o espaço Dandara, que traz o nome da Travesti assassinada de forma bárbara no Ceará. O caso gerou uma comoção nacional e ganhou repercussão internacional, devido a violência da agressão que foi registrada e compartilhada na internet. Para a idealizadora da ação, a coordenadora interina de diversidade LGBT no DF, Paula Benette, a inauguração do espaço Dandara também caracteriza uma conquista. “É preciso políticas efetivas quando se fala em segurança a todas pessoas, principalmente aos transexuais”, enfatiza a coordenadora.

Na ocasião Benette agradeceu ao apoio dos parceiros que acreditaram nesta homenagem e aderiram à luta contra a Transfobia como o Novacap, Fibra e ressaltou: “A parceria do IBRAPP foi essencial para que todo esse jardim ganhasse visibilidade dos atletas, visitantes  e transeuntes do parque da cidade”.


A solenidade teve o encerramento com o plantio de 20 mudas de ipês, em toda a área que abrange a revitalização. “Ao florescer esses ipês, que seja o florescer de uma nova sociedade, abastecida com outro pensamento, uma sociedade mais justa e igualitária respeitando as pessoas trans”, finalizou Paula Bentte. Para os organizadores do evento o ato trouxe a alusão de se plantar esperança e lembrar que o jardim será também um símbolo contra qualquer tipo de violência.

Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net