Portuguese English Spanish

No dia em que a Lei Maria da Penha (11.340, de 2006) chega ao seu décimo segundo aniversário, o Instituto Brasileiro de Política Públicas - IBRAPP, em parceria com a Procuradoria Especial da Mulher no Senado (PROMUL) , lança a cartilha “Fundo Partidário e Eleitoral para as Mulheres, sim”. A solenidade se deu durante a Pauta Feminina, que teve como tema “a violência contra a mulher na política”. Na última terça-feira (7), o Plenário 10 da Câmara dos Deputados esteve repleto de representantes para debater a participação feminina na política  e as violências de gênero dentro dos três poderes. A pauta, que acontece mensalmente, foi  promovida pela PROMUL em parceria com a Secretaria da Mulher na Câmara dos Deputados.

Com a finalidade de trazer novas perspectivas ao cenário político desigual, ao que diz respeito à questão de gênero, a apresentação do folder do IBRAPP deu início à Pauta Feminina. Com uma linguagem de fácil acesso à população e ilustrações, a publicação explica a relação entre o quantitativo do eleitorado feminino no país e a representatividade dele no âmbito político. De forma suprapartidária e informativa é explicada  a lei de cotas dos 30% da reserva do fundo partidário e do fundo eleitoral para as candidatas, nas eleições 2018. Esta será a primeira eleição em que estará em vigor esta medida.    Gerente do escritório do IBRAPP em Brasília, Paulo Roberto Coelho              

De acordo com gerente do escritório do IBRAPP em Brasília,  Paulo Roberto Coelho, é uma honra para o Instituto fazer parte deste marco significativo. “Nós faremos a distribuição do material em todos os estados em que atuamos, a fim de difundir ao máximo essas informações tão importantes para a população ”, acrescentou Paulo Roberto, ao abrir as falas da sessão. A presidente da mesa na audiência pública, ex-senadora e presidente do Fórum de Mulheres do Mercosul, Emília Fernandes, citou a importância das informações presentes no folder, “Contém dados relevantes de forma didática e sintética. É um material muito bom tanto para as candidatas como as eleitoras” completou Emília.

O debate que tratou a violência política contra a mulher, reuniu parlamentares, representantes de entidades e especialistas no assunto. A professora e pesquisadora da Universidade de Brasília (UnB), Flávia Biroli, ressaltou a importância das diferenças de gênero fazerem parte do debate público.Debatedoras da Pauta Feminina “A violência contra as mulheres na política, acontece ao decorrer que elas se fazem mais presentes nos espaços de poder, ambiente antes ocupados somente por homens” comentou a pesquisadora, que destacou o Brasil como o terceiro país nas Américas, com a menor representação das mulheres na política.

O folder “Fundo Partidário e Eleitoral para as Mulheres, sim” é a segunda versão do material produzido pelo Instituto, com o objetivo de informar a população sobre a carência da representação feminina nos parlamentos. A primeira edição, intitulada “Política Também é Coisa de Mulher”, foi lançada em março, considerado mês das mulheres, e apresenta números sobre a atual presença das mulheres dentro da política e a desproporcionalidade entre o eleitorado feminino e o número de candidatas eleitas.


Pauta Feminina

Todo mês, são realizadas audiências públicas para debater as questões que mais afetam a vida das mulheres no Brasil, como violência, direitos e empoderamento. O projeto “Pauta Feminina” é elaborado pela Procuradoria da Mulher no Senado em parceria com a Secretaria da Mulher na Câmara dos Deputados, que decidem alternadamente os temas que serão abordados. Para mais informações, acesse o site da PROMUL.

 Marco da Lei Maria da Penha

Em 2018, a Lei que propõe medidas de punição para a prática da violência doméstica completa 12 anos de existência. Em 1983, Maria da Penha Maia Fernandes ficou paraplégica após levar um tiro nas costas de seu próprio marido, uma das várias agressões que havia sofrido. Após inúmeras denúncias e 15 anos de processo, a Lei 11.340/2016 foi decretada e sancionada em 7 de agosto de 2006, com o intuito de combater a violência contra a mulher.
              

Publicado em Notícias

Um conjunto de organizações em diversas áreas de atuação, com um objetivo em comum: transformar realidades através da capacitação e assistência à comunidades menos favorecidas. É com este interesse no bem estar da população que o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas - IBRAPP passa a integrar o rol de parceiros do Selo Social. Uma reunião em Águas Claras (DF), na última terça-feira (15), 1º ciclo de Protagonista para o Selo Social – DF.

O Selo Social é uma certificação concedida a empresas, entidades sociais e órgãos públicos que demonstrem compromisso social. Além do Distrito Federal, o Selo Social atua no Rio Grande do Sul (RS) e em São Paulo (SP). São dezenas de instituições certificadas que vão desde o terceiro setor, passando pelo serviço público até grandes grupos da indústria, que possuem projetos de responsabilidade social. Após três encontros no Ciclo o IBRAPP passará a ser certificado com o selo.

Publicado em Notícias

Visando um diálogo mais amplo sobre as doenças sexualmente transmissíveis e a melhor maneira de atingir a conscientização do público jovem, o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas - IBRAPP se reuniu com um grupo de representantes da ONG alemã Youth Against AIDS - YAA (juventude contra a AIDS - tradução livre). O encontro se deu no primeiro de maio, na sede executiva do Instituto em Brasília.

O diálogo se deu durante a visita da comitiva ao Brasil, para firmar parcerias com empresas, órgãos públicos e instituições engajadas na luta contra a AIDS. O CEO da YAA, Daniel Nagel, e o CCO, Roman Malessa, conversaram com o gerente do escritório Brasília, Paulo Roberto Coelho, sobre as áreas e projetos que o Instituto pode desenvolver com a parceria internacional.


O interesse pelo IBRAPP se deu após a equipe tomar conhecimento do projeto “A Vida continua”, uma campanha voltada para o esclarecimento a respeito do vírus HIV, que pode levar a AIDS. A iniciativa mostra que hoje é possível conviver com a doença, ou como soropositivo (portador do vírus) e levar uma vida bem próxima da normalidade, mas que o melhor caminho ainda é a prevenção.



A Youth Against AIDS é uma entidade composta por jovens, criada em 2009 em uma escola de ensino médio em Edimburgo, na Alemanha. A preocupação com a prevenção e o pouco conhecimento sobre o vírus foi o que motivou o início da YAA. Atualmente os representantes estão em visita a vários países, incluindo o Brasil, para mobilizar voluntários para atuar na Conferência Mundial da AIDS.

Publicado em Notícias

Uma forma de reconhecer os profissionais do serviço público, que contribuem significativamente para o desenvolvimento do Brasil. Esta é a proposta do Prêmio Espírito Público, que visa reconhecer e celebrar boas iniciativas destes profissionais. A premiação é uma realização do Instituto República e da associação Agenda Brasil do Futuro, com o apoio do Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP e outras instituições. As inscrições estarão abertas até o dia 15 de abril.

Os vencedores serão anunciados em  uma cerimônia a ser realizada no Rio de Janeiro, em agosto. O ganhador em cada uma das quatro categorias fará jus a um prêmio de R$ 50 mil e a uma jornada de aprendizagem, em Londres, para conhecer instituições do serviço público britânico, organizada pelo jornal The Guardian.

De acordo com os organizadores, a homenagem tenta desmitificar o estereótipo do “funcionário público”, malvisto como quem apenas pendura o paletó na cadeira do trabalho. Eles acreditam que a concretização da potencialidade do país passa pela viabilização de projetos que sirvam de exemplo irradiador, aí incluída a premiação de experiências bem-sucedidas no setor público.

Para o IBRAPP, sendo uma instituição que presta serviços ao Setor Público e contribui para seu desenvolvimento e melhorias, iniciativas como este prêmio são de grande importância para que a população veja o funcionalismo público de forma positiva. Não há apenas o lado negativo do estereotipado do servidor, o Instituto acredita que há muitos que fazem a diferença no dia a dia.

Sobre o Prêmio

As categorias se dividem entre: Educação; Gente, Gestão & Finanças Públicas; Meio Ambiente; Segurança Pública. Cada uma delas contará com um júri e um comitê de especialistas, que levarão em conta na avaliação dos candidatos, a sua capacidade de inspirar a equipe e o ambiente de trabalho entre outros aspectos. Poderão ser contemplados todos os níveis e esferas – federal, estadual ou municipal, executivo, legislativo ou judiciário, empresas públicas, fundações ou autarquias.

Os candidatos podem consultar regulamento e se inscrever na premiação através do site www.premioespiritopublico.org.br

Instituto república

O Instituto República é uma ONG de caráter apartidário e não-corporativo, nascida das experiências de quem trabalha ou colabora com governos no Brasil. O República acredita na importância de um Estado atuante e funcional, apto a proporcionar igualdade de oportunidades e de serviços aos cidadãos mediante a manutenção de visões de longo prazo. Como investidor numa diversidade de projetos de terceiros, ONGs, universidades e especialistas, o Instituto República vê a cultura e a arte como parceiras capazes de ajudar o profissional público a pensar “fora da caixinha”. Para mais informações, acessar www.republica.org.

Agenda Brasil do Futuro

É uma associação sem fins lucrativos, suprapartidária, fundada por jovens de famílias empresárias de diferentes regiões do Brasil que se comprometeram em investir seus mais diversos recursos para realizar projetos focados em gerar mudanças estruturais e culturais no país. O propósito da Agenda Brasil do Futuro é acelerar saltos de patamar em questões-chave do Brasil. Desde 2016 a instituição tem se focado principalmente na pauta de gente e gestão no setor público.

 

Publicado em Notícias

Contribuir para o bem estar social e firmar parcerias que possam agregar de forma positiva a população. Esta é uma das frentes de trabalho que o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP desenvolve nos escritórios em que tem representação. Em João Pessoa, na Paraíba, o instituto busca o estreitar laços na área de saúde e para isso, realizou uma visita ao Complexo Hospitalar Clementino Fraga, referência em tratamento de doenças infeciosas para todo o Estado.


Durante a visita a Diretora geral do hospital, Thaís Matos, recepcionou a equipe e explanou sobre os serviços e atendimentos diários ali realizados. O complexo conta com um ambulatório, serviço de urgência e atendimento especializado para a população trans.  Além de ser o único na Paraíba a realizar o processo de Transexualização,  também é o terceiro maior hospital, do Estado ficando atrás apenas dos grandes hospitais de Trauma e ortopedia.

Durante a visita foram entregues exemplares do jornal “O Ibrappiano”, que apresenta as principais ações do IBRAPP. Durante a conversa foram levantadas questões sobre a conscientização a respeito do tratamento de doenças como AIDS, Tuberculose, Hanseníase e Hepatite. A diretora explica que os pacientes chegam até a unidade de saúde encaminhados pelas UBS, ou pelo espaço LGBT. “Muitos já iniciaram algum tipo de tratamento porém abandonam por ser extenso, como é o caso da Tuberculose, que evolui para um caso multirresistente e requer a internação do paciente”, explica Thaís.

Além de contribuir para o desenvolvimento do Setor Público, o IBRAPP busca entender às necessidades da localidade onde possui representação: os estados do Maranhão, Minas Gerais, Tocantins, Paraíba, Rondônia e Distrito Federal. Através das parcerias firmadas as ações sociais e de saúde podem beneficiar uma população menos assistida, ainda carente de iniciativas que tragam cultura e bem estar.

Publicado em Notícias

Preocupar-se com o desenvolvimento social de todas as pessoas envolvidas em sua cadeia de produção como comunidade, consumidores, meio ambiente e governo. Este é o conceito abrangente de Responsabilidade Social adotado tanto por empresas da esfera pública quanto da rede privada. Com o intuito de firmar uma parceria agregadora para à população da capital Federal, uma comissão do Instituto Brasileiro de Políticas  Públicas - IBRAPP se reuniu nesta sexta (16) com representantes do programa Metrô Solidário, na sede da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), para falar sobre projetos que promovam a Responsabilidade Social no Metrô do DF.


Durante a reunião estiveram presentes a gerente do metrô solidário, Lívia Passos, e a gerente de projetos, Nayara Lopes, que expuseram as necessidades a respeito de campanhas e ações que pudessem atingir de forma positiva o público interno e externo que utiliza o transporte coletivo. Por dia transitam cerca de 200 mil pessoas em todas as estações do Metrô – DF.


O analista de projetos do IBRAPP em Brasília, Leonardo Costa, expôs pontos a serem explorados como a implantação de iniciativas sustentáveis e que aproximem a comunidade de ações educativas, além de outras iniciativas de capacitação e treinamento para os colaboradores da empresa. Estiveram presentes ainda o gerente de comunicação do Instituto, Paulo Roberto Coelho, e a analista de comunicação, Maíra Nunes, que na ocasião discutiram estratégias de visibilidade para as ações. O intuito da parceria é causar um impacto positivo no maior número de pessoas.

Publicado em Notícias

Na manhã desta quinta-feira (8), representantes do IBRAPP em Brasília participaram de uma reunião com o subsecretário de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos do governo de Brasília, Rodrigo Dias.  Durante a conversa, foram apresentados os projetos que o instituto vem desenvolvendo, em especial voltados para a área da cidadania. Após o encontro, ficou estabelecido o andamento de futuras parcerias de atividades que possam assegurar a não violação dos direitos humanos. Ações envolvendo a caravana dos idosos e prestação de serviços para a população do Distrito Federal também foram abordados, com a finalidade de trazer o bem estar e a igualdade para a comunidade brasiliense.

O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP é uma instituição do Terceiro Setor, com foco no desenvolvimento institucional do Setor Público, que visa através de parcerias, contribuir para a melhoria constante da qualidade dos serviços executados pela administração pública.

Publicado em Notícias
Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net